quarta-feira, 18 de abril de 2018

Fim de Semana de Bastante Atividade Para a CUFA Araguari


Acontece nesse final de semana(21 e 22/04) o evento "CULTURA HIP HOP". Será realizado pela CUFA Araguari, tem promoção dos grupos: Quadrilha e Humildade Prevalece e conta com o apoio da  Fundação Araguarina de Educação e Cultura - FAEC, e das empresas: Arley Stúdio, Trutatoo e Brendha Modas. A idéia é fortalecer a cena underground no município valorizando os elementos da composição hip hop. Todas as ações acontecerão no Espaço CUFA, em ambos os dias se iniciam ás 14:00hs  a entrada é gratuita e haverá espaço de exposição de tatoos, tendas de roupas, acessórios e alimentação e como atividades paralelas oficinas de grafitti, bboy e passinhos de funk.

PROGRAMAÇÃO

SÁBADO(21/04)

14:00h - Batalha de Bboys
16:00h - Batalha de Rimas
21:00h - Entrega dos Certificados "CULTURA HIP HOP"  com Flasch Back

DOMINGO(22/04)

14:00 ás 18:00h - Apresentações de Rap
Instituto Verbal, Mensageiro da Fé e QDS Rapeers(Patos de Minas/MG)
MC Zdob, Verbos da Vida,  e 034 Criminal(Uberlândia/MG)
SNR e Mano Arthur Salomão(Ituiutaba/MG)
Caçadores do RT(Uberaba/MG)
Mano Feel(Guarulhos/SP)
Humildade Prevalece, ANI, Quadrilha, MP e Barrabás(Araguari/MG)


A batalha de bboys terá como jurados os Bboys: Sonek(Catalão/GO), Rato(Uberlândia/MG) e Caixa D'Agua(Patrocínio/MG) todos conceituados no meio, com passagens internacionais pela França, Alemanha e Espanha e se baserão na experiência adquirida para julgamento dos não menos conceituados bboys que estarão participando da disputa.
A Batalha de Rimas será de conhecimento e terá como tema: "DIÁSPORA AFRICANA - Os Malefícios do Racismo e a Ascensão Econômica do Negro Brasileiro". Será feita uma explanação do tema em forma de palestra, uma hora antes do início da batalha propiciando fundamentação teórica e possibilitando subsídios históricos aos contendores. Os jurados serão: o Raper Paulo Falcão(Sniper), O professor de História e Presidente do COMPIR Marco Túlio(que também será responsável pela palestra) e o Coordenador da CUFA Uberlândia  Cleiton Santos( MC Kakko)
A premiação para ambas as batalhas serão trofeus para os primeiros lugares e medalhas para os segundos e terceiros lugares, além de brindes cedidos pelas lojas parceiras.
"Falta muito incentivo e com esse evento esperamos impulsionar as atividades de hip hop na cidade. Aproveito pra agradecer a CUFA e a todos os envolvidos nesta ação que com certeza vai ser um marco pro movimento na cidade" diz   Bboy Ígor, inscrito para a batalha de bboys.

quinta-feira, 8 de março de 2018

Roda de Conversa Maria Maria - Mulheres de Luta (07/03/2018)

Apresentação das bailarinas da CUFA Araguari
Mediação da Jornalista Vanessa Carlos

Da esq. para dir.: Katiúcia Silva, Beth Princepaul, Maluh Pereira, Marislene Pulsena, Sandra Barbosa, Eunice Mendes, Vanessa Carlos, Valéria Landa, Luana Vigilato, Jane de Omolú, Onésia Machado e Lucille Garcia.


segunda-feira, 5 de março de 2018

CUFA Araguari Realiza Roda de Conversa Pelo Dia Internacional da Mulher




Na década de 1970, o ano de 1975 foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e o dia 8 de março foi adotado como o Dia Internacional da Mulher pelas Nações Unidas, tendo como objetivo lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres, independente de divisões nacionais, étnicas, linguísticas, religiosas, culturais, econômicas ou políticas. Na atualidade, porém, considera-se que a celebração do Dia Internacional da Mulher tem seu sentido original parcialmente diluído, adquirindo frequentemente um caráter festivo e comercial, como o hábito de empregadores de distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas, ação esta que não evoca o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917.
Esse ano a CUFA completa 20 anos. Como parte das ações de comemoração, dia 07 de março(quarta feira), as 08:30h, será realizado no anfiteatro da Casa da Cultura o evento: MARIA MARIA – Mulheres de Luta. Foram convidadas 20 profissionais mulheres para uma roda de conversa, onde elas vão explanar sobre como conseguem conciliar a multiplicidade de atividades de ser mãe, mulher, profissional e dona de casa e ainda como estão enfrentando temas ainda atuais como o racismo, o machismo e o sexismo.


CONVIDADAS
Maluh Pereira – Prof. de artes Cênicas/Atriz/Dir. Pres. da CUFA Ari
Lenise Melo – Cabelereira/Beleza Negra 2014/Dir. Adm. CUFA Ari
Luana Vigilato – Dir. Relações Institucionais CUFA Ari
Vanessa Carlos – Jornalista/Apresentadora do MGTV/TV Integração
Vanessa Clock – Jornalista/Diretora Jornal Diário de Araguari
Cintia Dozono – Pedagoga/Prof. Dra. em Educação Escolar
Dra Mariana Dell Isola – Delegada de Polícia
Valéria Landa – Professora/Diretora da escola Polivalente
Eunice Mendes – Professora/ Secretária Mun. Trabalho e Ação Social
Dra Juliana Faleiros – Juiza de Direito/Diretora do Fórum
Dra Lílian Tobias – Promotora de Justiça
Capitão Sabrina Braga – Militar do Exército
Dra Sandra Barbosa – Psicóloga
Dra Marislene Pulsena – Médica
Lêda Pinho – Colunista Social e Apresentadora de TV
Catiúscia Silva – Soldadora
Cleusmar Sena – Comerciante/Proprietária Mega Tejotão
Mãe Jane de Omulú – Sacerdotisa responsável pela Casa Xangô
Onésia de Fátima – Historiadora/Congadeira
Divânia Franco – Diretora do IMEPAC Araguari
O acesso ao espaço que possui 120 lugares, é aberto á população.
"Mais do que merecer flores, creio que as mulheres merecem reconhecimento pela batalha diária que enfrentam no cotidiano e de cabeça erguida, sem esmorecer, exatamente por saberem que em muitos casos depois de todo um laborioso dia de trabalho, são quem chegam em casa e ainda tem que se desdobrar para os filhos ou o companheiro, e/ou ambos"  diz Zulu, coordenador Geral da CUFA Araguari e organizador do evento.


quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Palestra Sobre Proteção Ambiental Acontece no Espaço CUFA Neste Sábado a Noite


A proteção ambiental é a prática de proteger o ambiente natural, nos níveis individual, organizacional ou governamental, tanto em benefício do próprio meio ambiente como dos seres humanos. Devido às pressões populacionais e de tecnologia, o ambiente biofísico está sendo degradado, por vezes de forma permanente. Isto tem sido reconhecido, e os governos começaram a colocar restrições sobre as atividades que causam degradação ambiental. Desde os anos 1960, as atividades dos movimentos ambientalistas criaram a consciência de várias questões ambientais.  Não há acordo sobre a extensão do impacto ambiental da atividade humana e as medidas de proteção são ocasionalmente criticadas.
A proteção do meio ambiente é necessária devido às várias atividades humanas. A produção de resíduos, a poluição do ar e a perda de biodiversidade (resultante da introdução de espécies invasoras e da extinção de espécies) são algumas das questões relacionadas com a proteção ambiental.
A proteção ambiental é influenciada por três fatores interligados: legislação ambiental, ética e educação. Cada um desses fatores desempenha o seu papel em influenciar decisões ambientais a nível nacional e os valores e comportamentos ambientais a nível pessoal. Para que a proteção do meio ambiente se torne uma realidade, é importante que as sociedades desenvolvam cada uma dessas áreas que, em conjunto, irão informar e conduzir as decisões ambientais


Pensando em contribuir, o Grupo Caçadores de Cachoeira realiza e a CUFA Araguari promove em sua sede, nesse sábado(24/02), ás 19:00 horas uma palestra informativa com os seguintes temas:
- Limpezas de cachoeiras, rios e praças
- Plantação de árvores frutíferas
- Coleta Seletiva
A palestra será ministrada pelo Técnico de Meio Ambiente Pablo Souza e o acesso é gratuito. "A ideia é despertar pessoas para os cuidados necessários ao meio ambiente e consequentemente a si mesmo. Impossível sobreviver sem o meio que nos cerca e é responsabilidade nossa mantê-lo em condições de vivência" diz Val Assunção, um dos organizadores.