segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Moçambique Branco Comemora 90 anos


O Moçambique Branco de Araguari, também conhecido como o Batalhão dos Guerreiros de Oxalá, pela veste toda branca, foi fundado em 1929, pelo Capitão Sebastião Ferreira Braga. Esta em sua 5ª geração de capitães, sob o comando do Capitão Jeferson Jorge dos Santos, filho do Capitão-Mor João Batista dos Santos, que cumprindo a tradição do vitalício e hereditário passou para o filho o comando do terno a 5 anos.
No ultimo domingo foi dia de comemorar e estiveram presentes no quartel do Moçambique Branco, os ternos: Congo Verde, Congo de Ouro, Congo Santa Isabel, Congo Princesa Isabel, Congo Treze de Maio e Mocambique Sainha Azul. As 16:00 horas foi realizada uma procissão dos ternos, com a presença do Rei e  Rainha da Coroa de Nossa Senhora do Rosário, Sr.Roberto e Dona Iolanda e do Rei da Coroa de São Benedito, Sr Weberton e finalizou com a apresentação dos ternos no mesmo local de saida. Após, aconteceram apresentações do Grupo Nigth Samba, DJ Hugo MTX e do Grupo de Dança da CUFA Araguari animando os presentes até por volta das 23:00h.
"Fico feliz de ter comandado essa comemoração, esse terno é um dos mais antigos e tradicionais de Minas Gerais e merece os aplausos e a admiração de todos nós pelo que representa para nossa história de devotos de São Benedito, Santa Efigênia e Nossa Senhora do Rosário enquanto casa real e detentores dos segredos da nossa irmandade. Agora é esperar a grande festa de congados que acontecerá no terceiro domingo de outubro, dia 20, para continuarmos as nossas comeorações ". Diz o Capitão Batista, Capitão-Mor do Terno de Moçambique Branco.

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Audiência Pública e Entrega da Comenda Mestre Moreno marcam o Primeiro Dia do Congresso Nacional de Capoeira

Entrega da premiação do concursos de desenho e redação. Da esq. para a dir.: Aluna Lua(Premiada em redação); Deputado Zé Vítor; Vereador Paulo do Valle; Secretário de Esportes e Juventude Sebastião Naves; Presidente do CONCATRIR Instrutor Sardinha; Presidente da Câmara Vereador Wesley Lucas e os premiados em desenho: Dandara, Feijão, Borboleta e Pequeno.


Aconteceu ontem, dentro das comemorações do Dia do Capoeira(03/08), a abertura do Congresso Nacional de Capoeira e Culturas Populares. O evento que vai até dia 03/08(sábado) iniciou na Câmara Municipal de Araguari, com uma audiência pública, que tinha o objetivo de apresentar propostas voltadas para a valorização dos profissionais de capoeira do município, a entrega das premiações do concurso de redação e desenhos sobre capoeira e ainda condecorar com a Comenda Mestre Moreno pessoas e ações que impactam em benefícios para a capoeira. Em bloco, todos os grupos de capoeira da cidade juntamente com o Conselho de Capoeira do Triângulo Mineiro e Região - CONCATRIR(com sede em Uberlândia) se uniram na apresentação das propostas:
1) Demarcação de uma área verde, onde se possa plantar sustentavelmente o guatambu(madeira utilizada para fabricar artesanalmente o berimbau) e cabaças, e assim poder colher e replantar novamente, considerando que pela legislação atual é proibido hoje entrar na mata e colher a verga do guatambu, por consequência o mesmo poderia ser utilizado pelos praticantes de religião de matriz africana;
2) Implantação do ensino da capoeira na rede escolar de ensino;
3) Construção da Praça do Capoeira;
4) Possibilidade de aposentadoria do Mestre Moreno. Mestre mais antigo da cidade e que hoje por problemas de saúde está impossibilitado de trabalhar e não tem condições de se manter, sobrevivendo de doações;
5) Sensibilização do IMEPAC e do poder público, em possibilitar para o Congresso do próximo ano, palestrantes e ministrantes de cursos que possam capacitar a capoeira local;
6) Tornar através de projeto de lei, a entrega da Comenda Mestre Moreno evento oficial do município;
7) Emenda parlamentar que possibilite um ónibus para a Secretaria Municipal de Esportes e que atenda a necessidade de viagens do pessoal de capoeira da cidade.
Prestigiaram com suas presenças o Mestre Jogo de Dentro, que veio de Salvador-BA; o Mestre Calango, da Cidade de Ituiutaba/MG e o Presidente do CONCATRIR, Instrutor Sardinha. De Araguari: Mestres Moreno, Zulu, Benguela, Paturi, Necão; Mestrandos Cobra e Cascavel; Contra Mestre Zorro; Professores Sossego e Touro, Instrutor Meio Kilo, a ativista em capoeira angola Juliana Maltos e uma enorme quantidade de alunos. Estiveram na mesa diretora: Deputado Federal Zé Vítor; Odon Naves, representando o Deputado Estadual Raul Belém; Secretário Municipal de Esportes e Juventude Sebastião Naves, representando o Prefeito Marcos Coelho; O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Wesley Lucas; e os Vereadores Giuliano Tibá, Paulo do Valle e Jander  Patrocínio.
Foram agraciados com a comenda 32 pessoas e ações e o vento finalizou com uma roda de capoeira.
"Se puder resumir o evento em uma palavra, seria: ORGULHO. Feliz nessa noite abençoada, onde pude rever meu Mestre(Moreno) numa roda de capoeira, rever Mestre Jogo de Dentro que não via desde 1999, congratular com irmãos de capoeira e ver verdadeiros filhos da minha raiz de capoeira usando a tribuna da casa de leis para propor políticas públicas. Muiiito orgulhoso de cada um e agradecido, pela noite maravilhosa que o grande pai nos proporcionou essa noite, com tudo ocorrendo na normalidade" Diz Mestre Zulu
"O que depender da Câmara Municipal, estaremos atentos as demandas apresentadas e vamos buscar de todas as formas possíveis, tentar possibilitar a melhoria da prática e do ensino da capoeira no nosso município" ressaltou o Vereador Wesley Lucas
"Essas ações, são muito importantes, porque nos dão enquanto gestores públicos,  um norte sobre as reais necessidades desse setor e nos indica como colaborar" disse o Secretário de Esportes e Juventude Sebastião Naves. E o Deputado Zé Vitor finalizou dizendo: O que toca pra área federal é só a aposentadoria do Mestre Moreno, que eu e minha assessoria vamos nos empenhar ao máximo para corroborar com as expectativas, apresentadas aqui nessa audiência; mas contem com o nosso mandato em buscar alternativas que realmente possam impactar diretamente a capoeira em Araguari".

quarta-feira, 3 de julho de 2019

Domingo Agitado Para a CUFA Araguari

O domingo (07/07) começa para os alunos das oficinas da CUFA com uma apresentação no Projeto SOS Comunidade, que acontecerá das 09:00 ás 13:00hs, no Colégio Polivalente. Iniciado pela Psicóloga clínica: Natália Valotto, e posteriormente apoiado pela Psicóloga Ana Beatriz Cardoso Vieira, o projeto social S.O.S Comunidade nasceu do desejo de mudar uma realidade socialmente prejudicada.  Essa é uma ação estruturada e intencional, de um grupo de profissionais, que partem da reflexão e ação sobre uma determinada problemática, e buscam contribuir, em alguma medida, construindo pontes entre o desejo e a ação de uma realidade melhor.
Existe consciência de todos os profissionais que atendem voluntariamente no projeto de que o atual cenário educacional brasileiro encontra-se em uma situação crítica, e que com o trabalho pode-se equilibrar a ordem dentro do ambiente escolar, e estender para a sociedade, visto que grande parte destes jovens de áreas periféricas sofrem com problemas psicológicos muitas das vezes ocasionados pela ausência de responsáveis, falta de instrução, diálogo quanto à problemática das drogas, da indisciplina e da ausência dos bons costumes no dia a dia, não possuindo horários e nem vontade para estudar, não possuindo a motivação e perspectiva futura de melhoria de vida com os mesmos o que permite e agrava diretamente o mau comportamento destes jovens
O projeto trabalha com alunos, professores, e responsáveis, em atendimentos psicológicos, e leva para as escolas, uma ação trimestral com a colaboração de outros profissionais como: Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Dentistas, Terapeutas de Meditação, Advogados, Engenheiros, Barbeiros, Manicures, Cabelereiros, Maquiadores, Médicos veterinários, Pedagogas e várias apresentações artístico-culturais, no objetivo de despertar na comunidade: lazer, informações, melhoria da autoestima, proporcionando novas perspectivas e oportunidades às famílias envolvidas. A seguir, algumas fotos da ultima edição do projeto.





A tarde a CUFA  participa como parceira do evento Hip Hop Contra a Fome, na Praça Farid Nader, no Centro da cidade. O evento que está em sua 4ª edição, congrega amantes do Hip Hop que doam 1 quilo de alimento não perecível e o seu tempo para apresentar seu trabalho autoral em prol de outros tantos em situação de grande vulnerabilidade social. O evento é aberto ao público, acontece entre 14:00 e 22:00 horas, e  a adesão da entrega do alimento é opcional.

 


As oficinas oferecidas pela CUFA são gratuitas e são ministradas em espaço cedido pela Fundação Araguarina de Educação e Cultura - FAEC, no espaço do Centro de Referência Negra, sito á Rua Cel. José Ferreira Alves, 1098 - Centro(anexo á Casa da cultura Abdalla Mameri).



quarta-feira, 12 de junho de 2019

CUFA Araguari Realiza o Ranchão Junino



A Rua 106 do Bairro Paraíso, em Araguari/MG, será mais uma vez palco do tradicional Ranchão da CUFA. O evento acontece no sábado(15/06), a partir das 19:00 horas com  o terço das rezadeiras e o levantamento do mastro de Santo Antônio e reúne pessoas que misturam o profano e o sagrado, numa mescla de fé, religiosidade, diversão e lazer sadio.
Em meio a distribuição de pipoca, mané pelado e amendoim torrado o ponto alto da festa é a quadrilha da CUFA que mistura funk com forró, além das mais inusitadas e engraçadas figuras, num misto de alegria e encontro de amigos que encanta os que por ali transitam.
A animação do evento, que conta com apoio do Circuito Junino da TV Integração, da Fundação Araguarina de Educação e Cultura - FAEC e das Secretarias Municipais de Gabinete e Trânsito e Transporte ficará por conta da dupla de sertanejo jovem Alex e Henrique e do DJ Hugo MTX.
"Num momento, onde a violência assola nossa cidade, poder receber esses jovens na porta da minha casa, para se confraternizarem de forma harmônica e sadia, pra mim é um prazer muito grande, não só a porta, mas a minha casa estará a disposição deles e de todos que vierem pra participar de forma ordeira conosco" diz o Sr. Joaquim, festeiro morador da rua que está cedendo a casa e o ponto de energia para realização da festa.
O acesso é gratuito.